Sobre simulações no ensino de Física - Recursos de Física

Busca
contador gratuito
Ir para o conteúdo

Menu principal:

Sobre simulações no ensino de Física

Simulações
Por Francisco Luiz Carraro, professor PDE.

 
O uso de simuladores virtuais no ensino de Física pode oportunizar uma melhor aprendizagem dos conteúdos da Física permitindo ao usuário a alteração, com grande facilidade e agilidade, dos parâmetros físicos envolvidos na simulação.

Propiciando aos estudantes tornarem mais ativos no processo ensino aprendizagem. Ao construir e explorar, por exemplo, um circuito elétrico no simulador virtual, o estudante pode estabelecer um diálogo com o conteúdo abordado, com seus colegas e com o professor. Executando a simulação ele percebe, por exemplo, como as grandezas físicas se relacionam naquele fenômeno físico, e ainda mais, visualiza modelos físicos como o campo elétrico, a resistência elétrica em um condutor, a intensidade da corrente elétrica num condutor, entre outros.
 

Além dos benefícios do uso de simulações virtuais no ensino de Física já apontados acima, apresentamos outros apontados por Galdis, (2000, apud MEDEIROS A. e MEDEIROS C. F. 2002) em seu recente trabalho de doutorado, a saber:

 
  • fornecer um feedback para aperfeiçoar a compreensão dos conceitos;
  • permitir aos estudantes gerarem e testarem hipóteses;
  • engajar os estudantes em atividades com alto nível de interatividade;
  • envolver os educandos em atividades que explicitem a natureza da pesquisa científica;
  • tornar conceitos abstratos em mais concretos;
  • fomentar uma compreensão mais profunda dos fenômenos físicos (p. 5-6);
 

 
Pode-se ainda mencionar as dificuldades enfrentadas pelos professores para realizar uma atividade experimental no laboratório de Ciências, quando este existe. Há falta de materiais e equipamentos e espaça para os alunos para a execução de uma aula prática no laboratório. As simulações devem ser usadas como uma complementação de experimentos de laboratório, mas, não de forma a substituí-los.
 

Entendemos que o uso da tecnologia, em especial a utilização dos simuladores virtuais no ensino de Física pode contribuir para a melhoria do processo ensino aprendizagem, visto que, essa abordagem enfatiza a compreensão de conceitos físicos e o estabelecimento de relações entre esses conceitos, compreendendo assim, os princípios, leis e teorias físicas.
 

Coelho (2002), apresenta outras vantagens quanto ao uso de simulações virtuais no ensino:
 

“... os simuladores virtuais são os recursos tecnológicos mais utilizados no Ensino de Física, pela óbvia vantagem que tem como ponte entre o estudo do fenômeno da maneira tradicional (quadro e giz) e os experimentos de laboratório, pois permitem que os resultados sejam vistos com clareza, repetidas vezes, com um grande número de variáveis envolvidas” (p.39).
 
 
A utilização de simulações virtuais no ensino de Física possibilita ao estudante desenvolver a compreensão de conceitos, e levá-lo a participar efetivamente no seu processo de aprendizagem, sair de uma postura passiva e começar a perceber e a agir sobre o seu objeto de estudo, relacionando o objeto com acontecimentos do seu cotidiano.

Referências

 
COELHO, Rafael Otto. O uso da informática no ensino de física de nível médio. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação. Universidade Federal de Pelotas. Pelotas, 2002.

 
MEDEIROS, A. & DE MEDEIROS, C. F. Possibilidades e limitações das simulações computacionais no Ensino de Física. Revista Brasileira de Ensino de Física. Vol. 24, nº. 2, Junho, 2002.


 
Copyright 2015. All rights reserved.
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal